9 de nov de 2007

No sétimo círculo fustigaremos sua carne.

Diálogo pré-almoço:

-- Estou feliz em saber que a elite da polícia militar, vulgo BOPE, acolhe os ateus. Respeito muito quem não acredita no Deus ex-nihilo. Ou não acredita em Deus nenhum.
-- Ateísmo é tabu no Brasil, Marcinho. Duvido que o major seja incrédulo, logo ele, sendo um militar, sempre ultraconversadores. Em qual círculo do inferno de Dante ardem os omissos?
-- Consultemos o Google:
“Mas olha o vale: o rio é não distante
De sangue, onde verás fervendo aquele,
48 Que violência exerceu no semelhante.

-- Ele(s) deve(m) sentir muita culpa. A menos que sejam psicóticos...
-- Então deveriam estar fora de qualquer corporação.
-- Viver muitos anos se remoendo de culpa, não haveria castigo melhor.
-- Auto-castigo, Marcinho.

9 comentários:

  1. Marcinho. Detonou geral. Tb tenho críticas contra o tão falado filme.
    Mas o começo de teu texto me encantou.
    Eu admiro demais quem não acredita no que disseste(não vou repetir porque é tabu no Brasil).Shiiiiiiii!


    ;)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Não, Nanda, eu me refiro ao major que debochou da morte do marginal.

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!
    rsrsrsrs.
    tá vendo como ainda n assimilei a complexidade de tua escrita?

    foi mal.....

    ;)

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. gosto da frase: "o mesmo deus capaz de provocar um câncer, não se comoverá com orações".

    ResponderExcluir
  7. Nanda, Baniram o mal do nosso mundo particular. Todas as opiniões agora são válidas. Você me faz buscar sempre o melhor. beijos

    ResponderExcluir
  8. Acantha,

    Também gostei. Nos apresenta um reviravolta no conceito de Deus, força criadora e criativa.

    Beijão

    ResponderExcluir
  9. ahhhhhh! A banalização do mal. isso sim, já estudei muito.

    ;)

    Hannah Arendt que o diga....

    rsrsrsrs.

    beijos.

    ResponderExcluir