22 de fev de 2006

Lula tenta cortejar o voto evangélico

Se der tudo certo, passamos a impressão ao mundo que somos uma sociedade ecumênica, tolerante. Minha ingenuidade me dilacera os ânimos.

2 comentários:

  1. Sua leitora12:58 PM

    A minha também!

    Mas assim como o presidente Lula, estou numa fase "ecumênica" de apelar para todos os lados. Eu deixei de cuidar da minha vida espiritual há muito tempo porque passei a ser mais "racional" e comecei a indagar e a desacreditar em muitas coisas. Mas agora, eu decidi conhecer e experimentar de tudo um pouco - sem preconceitos.
    Não que eu acredite piamente, mas por curiosidade mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Engaçado, leitora, não sou nem um pouco curioso; investigar para mim seria algo natural, que na realidade foi uma construção ao longo dos meus anos de ginásio. Aliás, minha convicções espirituais também vem de lá. Cada professor tinha sua crença, o que acabava sendo muito divertido. Te desejo boa sorte, na tua busca.

    ResponderExcluir