17 de abr de 2004

Não tem post hoje. Estou indo levar mis abuelos para vacinar. Vou aproveitar a ocasição para coletar algumas historietas, principalmente aquela que me impede de ter um sonho calmo.

Antes de eu ir, em definitivo, quero registrar: apenas trinta por cento dos candidatos que utilizaram as cotas para o vestibular da UnB, eram realmente negros ou pardos. Tal fato me leva as seguintes conclusões: ou os candidatos não leram o formulário de inscrição ou eles querem protestar contra a medida. Podem reclamar, vivemos numa era de mudanças. Se não se muda a política econômica (sai para lá inflação!), ao menos temos políticas compensatórias. Assim vamos tocando a Nau, ou melhor, (bem melhor) o Transatlântico. Titanic? Não, absolutamente. Somos um povo pacífico de tão covarde. E que deixem os miseráveis morrerem a míngua, a fronteira é minha língua que nenhum general pode me impedir de excitá-la.

P.S. Eis aí , querido diário, um textículo mais que improvisado. Para quem disse que não teria nada, até que teve, senão muito, ao menos o suficiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário